5.png
Maay_Logo_Branco.png

Somos pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP e estamos realizando um estudo para testar aplicativos para tratar depressão pós-parto. Tem interesse em participar? Saiba mais abaixo.

4.png

Conheça mais sobre o estudo

7.png

Somos pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP e estudamos saúde materna e desenvolvimento infantil há anos. Sabemos que o período pós-parto é muitas vezes acompanhado de sintomas de depressão que raramente são diagnosticados e tratados, impactando negativamente a vida de milhares de mulheres anualmente. Pensando nessas dificuldades que criamos o Estudo Maay, um projeto para ajudar mães com depressão pós-parto a lidarem com esse problema por meio de aplicativos.

8.png

O objetivo

Vamos avaliar a eficácia de dois aplicativos para smartphone para tratar depressão pós-parto em mães brasileiras de 18-40 anos de idade.

5.png

Como será o Estudo Maay?

Quem preencher os critérios para participação e aceitar participar será sorteado para receber um de dois aplicativos para smartphone. Os dois aplicativos ajudam a tratar depressão, mas cada um tem uma abordagem diferente. Depois do sorteio, a participante usará o aplicativo por 4 semanas e realizará avaliações online com a nossa equipe de profissionais. Serão 3 avaliações de mais ou menos 1 hora: uma no começo quando recebe o aplicativo, uma 1 mês depois e, por último, uma 1 mês depois da segunda. Além das avaliações, uma profissional da nossa equipe irá realizar uma sessão online com cada participante para ajudar a instalar o aplicativo e explicar como usá-lo.

Por que devo participar do Estudo Maay?

A participação em nosso estudo nos ajudará a desenvolver futuros tratamentos para depressão materna e a melhorar ainda mais os aplicativos que desenvolvemos. As mães que participarem do nosso estudo terão acesso a um aplicativo de smartphone que ajuda a tratar depressão e receberão avaliações e suporte ao longo de 2 meses. Ressaltamos que nenhum dado pessoal será divulgado!

Posso participar do Estudo Maay?

No momento, estamos procurando o seguinte perfil de mãe em qualquer estado do Brasil:

 

- 18-40 anos de idade;

- Ter depressão pós-parto leve ou moderada sem outros diagnósticos;

- Ter tido filho(a) há no máximo 12 meses;

- Ter um smartphone iPhone ou Android para uso pessoal;

- Ter conexão de internet para uso pessoal;

- Disponibilidade para 4 encontros online de aproximadamente 1 hora ao longo de 2 meses.

6.png

Financiamento

download.png

Realização

Logo FMUSP.webp
logo IPq_original julieta.jpg
2.png
 
8.png